Sexta-feira, 15 de Fevereiro de 2008

Incompleta.

Sinto-me incompleta…

Odeio isto, juro que sim. Mas é mais forte que eu…

Não, não vou dizer que quero voltar atrás, sei que se o fizesse iria ser pior… muito pior. No entanto existe algo que não me deixa ser realmente feliz.

Procuro por todos os recantos a felicidade, apesar disso não a encontro. A qualquer lugar que vá, deparo-me apenas com a solidão. Olho à minha volto e vejo a felicidade no rosto de desconhecidos.

 Na rua passeiam jovens de mão dada, grupos de amigos às gargalhadas… Sinto vontade de ter tudo aquilo junto de mim… entretanto, quando o tenho não consigo aproveitar realmente.

Quando me olho ao espelho, a imagem que é reflectida não passa de um sombra. Não me sinto feliz aqui, nada disto faz sentido. Junto de mim existe uma parede, uma enorme parede com duas faces pintadas; a que está virada para mim é preta, a outra que se encontra com a face voltada para o mundo é branca. As pessoas à minha volta vêem a pureza, e a felicidade no entanto tudo isso não passa de um ilusão de óptica, porque simplesmente por dentro nada disso é real. A cada dia que passa, sinto mais dificuldade em me levantar, em erguer a cabeça e mostrar um sorriso ao mundo. Apesar disso, tento faze-lo todos os dias, mostro aos outros aquilo que não sou realmente, aquilo que não sinto. Faço-os rir, sempre de bom humor pronta a ajudar; Mas e depois? Quem me ajuda a mim? Ninguém… esta cápsula faz com que todos achem que estou bem, que me sinto bem. Mas será possível isso acontecer? Não conseguem perceber que eu não tenho o que realmente preciso? Pois, parece que sim. Ou talvez seja porque simplesmente não tenho ninguém que se importe realmente comigo, alguém que olhe por mim de verdade. Dizem que sim, tentam mostrar com actos fúteis que eu faço parte das suas vidas, mas eu sei que tudo isso não passa de aspecto, de algo que fica bonito se fazer.

Odeio tudo isto, quero voar para longe, fazer coisas que nunca fiz, cometer loucuras que aqui tenho medo de cometer. Conhecer seres humanos que gostem de mim por aquilo que realmente sou, que me façam feliz.

Quando choro ninguém vê, ou fazem que não reparam para não se virem ‘obrigados’ a estender-me a mão. Porquê? Serei eu, um ser tão desprezível, que toda a gente me passe a odiar por algo que nem eu sei que o faço? Desculpem se viver é demasiado para mim, estou pronta para partir, no entanto sou cobarde. Alguém se designa a faze-lo por mim? Agradecia.

Scribbles Meddlyn às 23:59
Link | Coment | Add.Fav
9 comentários:
De ♪ Ana a 16 de Fevereiro de 2008 às 18:30
Nem sei bem explicar... mas tudo que descreveste é exactamente aquilo que penso neste momento.

Gosto realmente da maneira como escreves.

Hão-de vir dias melhores!

Bejijnhoo*


De ------- a 17 de Fevereiro de 2008 às 13:54
Ás vezes também me sinto assim...
Amo a maneira como escreves, é profundo e sentido...

Vais ver que irão aparecer dias melhores mas não desistas da vida, tenta olhar em frente porque nem tudo é mau, tenta fazer alguma coisa para mudar o que está mal e viver feliz...

Beijinhos e espero que melhores (:


De joanna a 17 de Fevereiro de 2008 às 20:32
eu já te disse que escrevias bem, mas tenho mesmo que repetir :|
isto está LINDO , LINDO LINDO !
Eu identificou.me imenso com ele :x
E digo-te que tens mesmo imenso jeito pra escrever :D
amei mesmo .
Já sabes que estou aqui para tudo :D

beijinho Medd ;*


De sAndRa a 19 de Fevereiro de 2008 às 18:13
ha dias que nao dá vontade de sorrir, ou a vontade ate aparece mas nos faltam os motivos. Nao desistas, ve o lado belo da vida, mesmo que as vezes pareça nao existir. Existe tem é paciencia. Existem vidas bem mis complicadas e as pessoas sorriem na mesma, porque vêm o lado bom dos problemas. É dificil ver esse lado bom, sei que é, so que temos que lutar para sermos felizes, ninguem fara por nos.
beijus


De Jé* a 24 de Fevereiro de 2008 às 19:15
adoro o teu blog ;D


De Jé* a 24 de Fevereiro de 2008 às 19:15
adoro o teu blog ;D


De Jé* a 24 de Fevereiro de 2008 às 19:15
adoro o teu blog ;D


De Jé* a 24 de Fevereiro de 2008 às 19:15
adoro o teu blog ;D


De Jé* a 24 de Fevereiro de 2008 às 19:16
adoro o teu blog ;D


Coment